Empresas prestadoras de serviços são alvo da fiscalização do CRA-RN

Empresas prestadoras de serviços são alvo da fiscalização do CRA-RN

A Fiscalização do CRA-RN fecha o primeiro semestre de 2021 com diversas ações importantes com o objetivo de combater o exercício ilegal da atividade no campo de atuação do Administrador.

Nos últimos anos, o regional vem investindo no trabalho junto às prestadoras de serviços, em especial nas áreas de consultoria em gestão, treinamento e desenvolvimento gerencial, factoring e administração de condomínios como atividades que requerem conhecimentos técnicos especializados da área da Administração, devidamente regulamentados por Lei.

A prestação de serviços em áreas da Administração requer habilitação técnica expedida pelo CRA, fundamentada no registro da empresa e na anotação de sua responsabilidade técnica por profissional devidamente registrado e habilitado.

Durante a ação fiscalizatória, várias empresas foram consideradas inaptas à prestação desses serviços, sendo, então, intimadas, a prestar esclarecimentos ou autuadas por ausência do registro no CRA-RN.

A repercussão da atuação do conselho vem sendo bastante positiva. O administrador Tadeu Fernando, que atua na CAERN, considera de grande importância este tipo de ação. Para ele, a atividade gerencial não pode ser relativizada ou minimizada. “Fiscalização existe e deve funcionar pra coibir essas práticas de improviso. Levo a sério demais a minha profissão e não permito me ver em pé de igualdade com quem não segue o que a lei estabelece”, destacou.

Para o segundo semestre de 2021, a equipe de fiscalização terá como foco outras atividades econômicas, incluindo as assessorias em licitações, empresas de marketing e de logística.