You are currently viewing Administração de Condomínios: um desafio para profissionais

Administração de Condomínios: um desafio para profissionais

A importância de uma gestão profissional para os condomínios

 

Da mesma forma que administrar uma empresa, administrar um condomínio também exige o conhecimento profissional e o preparo para enfrentar todos os desafios que esta área da Administração apresenta.

Administradoras de condomínios são empresas especializadas em administração condominial que dão suporte ao síndico no seu dia a dia nas áreas administrativas, financeira, fiscal e operacional. De acordo com a Lei Nº 4.769/65, que regula a profissão de Administrador, esta área constitui atividade típica de Administração e, apenas o profissional ou empresa regularmente inscritos no CRA, podem exercê-la.

O administrador André Falcone é um destes profissionais. À frente da AF Administração de Condomínios – há 20 anos no mercado – ele considera essencial a presença de um profissional registrado na gestão da empresa e com papel decisivo na condução de todos os processos.

“É de vital importância a gente ter um profissional de Administração porque, só assim, a gente consegue aplicar o que é necessário e desenvolver a empresa”, afirmou.

 

O início

A carreira de André foi despertada para a administração de condomínios pouco tempo depois de formado, em 2003, quando foi levado a assumir o condomínio do prédio em que morava.

“Desde então, eu gostei do que estava fazendo, consegui aplicar na prática, o que aprendi na faculdade de Administração e me entusiasmei. Hoje, costumo dizer que, apesar de estar no mercado há 20 anos, ainda tenho o empenho e a disposição de um jovem iniciante”, destacou.

 

O mercado

Segundo André, Natal tem cerca de três mil condomínios e, apesar da grande concorrência, tem mercado para todos. A sua empresa já atua em Natal, Parnamirim, Macaíba, Pipa, Caicó, Currais Novos e algumas praias.

Questionado sobre as dificuldades de empreender nesta área, explicou que os desafios são constantes.

“O desafio é se manter firme no propósito, trabalhando de forma ética e honesta, combater a inadimplência e os fornecedores e prestadores que não trabalham honestamente neste mercado. Mas quando a gente trabalha com o que gosta, as barreiras vão sendo vencidas”, argumentou.

 

Empreender

Para quem pretende empreender nesta área, André destaca que é uma atividade de muito crescimento, oferece um vasto leque de oportunidades, onde pode abranger uma série de itens. A área condominial hoje tem um grande potencial e, para as administradoras também, já que com o novo Plano Diretor, Natal voltou a construir, assim como as cidades próximas.

“Hoje, empreender na administração de condomínios é muito bom, mas é preciso ter um conhecimento bem amplo, sobre Normas Técnicas, impostos etc., porque a legislação voltou-se muito para essa área. Quando eu comecei era bem mais simples”, alertou.

De fato, exercer a atividade de forma eficiente e profissional, é de grande importância para ter melhores resultados e proporcionar o bem estar de todos os clientes.

“Uma das coisas que eu costumo dizer é que administrar é uma arte e administrar condomínios é uma arte maior ainda, porque a gente lida com processos, procedimentos, planejamentos e pessoas. Enfim, é uma área fantástica, onde a gente consegue reunir uma série de situações, dentro de uma mesma atividade”, concluiu.